Wiki Darkover
Advertisement


Lorde Leynier e comandante da Guarda, era um homem idoso quando seu bisneto Kennard Leynier morreu. Aceitou a aliança proposta pelo rival de sua família, Domenic Lindir, casando-o com sua bisneta, Bruna Leynier, e, quando ela o rejeitou, tentou formar a aliança casando Margali Lanart que estava grávida de seu tataraneto. Ambas, no entanto, recusam o casamento e lançam a suspeita de que Domenic tenha mandado matar Kennard.

Perante a recusa de Domenic em jurar que não tinha nada a ver com a morte de seu bisneto, apoia a rejeição das mulheres. Domenic, irritado, cuspe em sua face e o joga no chão. Como todos os homens jovens e saudáveis da família Leynier haviam morrido na guerra entre as famílias Alton e sua bisneta era uma exímia espadachim, lhe entrega o comando da Guarda e do Domínio até que o filho de Kennard e Margali alcance a maioridade. Para proteger Margali e seu filho até que ele tenha 15 anos, Bruna se casa sob a lei de companheiros livres com Margali.

Ao descobrir, Domenic leva o caso para ser julgado pelo então Rei dos Domínios, Alaric Hastur. Bruna desafia e mata Domenic perante todo o Comyn, ganha a lealdade das outras famílias de Alton, acaba com a rixa dentro do Domínio, e tem seu casamento com Margali aprovado pelo Rei. Quinze anos mais tarde, Bruna passa o comando da Guarda para seu sobrinho e, mais 10 anos depois, ela morre em combate contra bandidos invasores vindos das Cidades Secas.

Aparece no conto "A lenda de Lady Bruna".

Advertisement